Primeiras impressões: Marvel’s Avengers na BGS. Por Paulo Zambarda de Araújo

Mais um jogo testado pela equipe do Drops de Jogos

Marvel’s Avengers. Foto: Divulgação

O maior crossover de todos os tempos não podia ficar de fora dos games. Enquanto Marvel Ultimate Alliance 3, a franquia LEGO e títulos mobile como Future Fight e outros tiveram seu tempo no sol, a Crystal Dynamics e Eidos Montreal querem elevar o nível muito além do que inicialmente esperávamos com Marvel’s Avengers. Confira nossas impressões:

Nas botas do deus do trovão Thor iniciamos um tutorial para aprender como usar ataques leves e pesados para livrar uma pequena vizinhança de uma milícia armada. Com golpes de martelo e punhos de trovão, não é difícil fazer comparações ao deus da guerra que marcou o ano passado. Ao ponto em que até mesmo o martelo de Thor pode ser usado para paralisar inimigos ou acertá-lo com um projétil bem potente, podendo fazer um baita estrago tanto na ida quanto na volta.

Depois de alguns minutos de diversão girando o martelo, agora é a hora de ligar os foguetes e voar alto, já que como o Homem de Ferro seu objetivo agora é derrubar o maior número de inimigos até chegar à ponte Golden Gate, onde mais soldados e artilharias esperam. A demo então segue nos colocando no controle de personagens como Hulk e Capitão América até fechar com chave de ouro, em um duelo épico entre Viúva Negra e o Treinador. A partir daí, desenrolamos a trama principal: um atentado à cidade de São Francisco que não é parado a tempo, e que deixará graves consequências para os Vingadores e sua identidade heróica.

Uma pergunta que fiz durante toda minha experiência com a demo foi para saber como os desenvolvedores estavam preparando o terreno para o que parece ser inicialmente uma narrativa bastante linear, uma aventura de heróis versus vilões. Depois de jogar uma pequena parte do produto final, acho que tenho pelo menos parte da resposta.

Da mesma forma que Batman e Homem Aranha tiveram uma grande presença nos games graças a uma jogabilidade refinada e roteiro bem amarrado, parece que Avengers está buscando recriar esse efeito de uma forma mais sucinta, sem muita profundidade nos combates, mas com fases e controles para acomodar vários dos heróis mais marcantes do universo Marvel.

Então fique ligado, pois mais heróis vem por aí. Se cada um deles receber a mesma atenção que senti nessa breve porém intensa demo, podem começar a contar os dias porque logo logo não se vai falar de outro jogo senão Marvel’s Avengers.

Lançamento em: 15 de Maio de 2020
Disponível para: PS4, XONE e PC

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments