Confira o time de Mentoras da maratona Women Game Jam de São Paulo

  • por em 13 de setembro de 2019

Evento acontece também em outras sete cidades no país.

A etapa paulista da maratona de desenvolvimento de games Women Game Jam, que inicia hoje e vai até o final de domingo, vai desafiar garotas e mulheres em geral a planejar e criar um jogo digital ou analógico no exíguo intervalo de 48 horas.

Com foco no público feminino, trans e não-binário, o evento tem como meta promover maior visibilidade, incentivo e network para as participantes que trabalham ou almejam trabalhar na indústria de jogos.

Para acompanhar de perto o processo de evolução dos jogos, um timaço de profissionais do meio promete dar suporte e dicas valiosas para as participantes da jornada.

O evento contará com a participação de Luciana Couto, do espaço City Class Games, Luna Olmewe, Game Developer na Arvore Immersive Experiences, Isabella Rodolfo, desenvolvedora de jogos digitais e analógicos, Lia Fuziy, criadora independente de jogos e aplicativos, Camila Marques, desenvolvedora Front End, Érika Caramello, educadora de roteiro para games, Monique Moon, ilustradora de games e artes digitais, Izadora Lima, podcaster de RPG e Cultura Geek na Quest Cast e QA na Tapps Games, Julia Stateri, docente da Unicamp e pesquisadora de games, Eliana Dib, Game Producer noestúdio Rogue Snail e organizadora do projeto Firma GameDev SP, e Ana Ribeiro, criadora do game Pixel Ripped 1989.

O evento acontece a partir das 18h20, no Goethe-Institut, em São Paulo e conta com realizações simultâneas em Salvador, São Carlos, São Luis, Porto Alegre, Novo Hamburgo, Rio de Janeiro e Brasília.

Informações e detalhes podem ser conferidos por meio do site WGJBR.

Kao Tokio é agente cultural, editor de conteúdo do Drops de Jogos e editor-chefe do PopGeeks .

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments