Opinião: Project Scorpio é um novo aparelho para realidade virtual? É um matador de consoles?

A conferência da E3 2016 mais comentada foi a da Microsoft, com 29% das menções em redes sociais. O motivo não foi o Xbox One S vazado antes da apresentação no dia 13 de junho. A fama da empresa de Bill Gates na maior feira de games do mundo tem nome e sobrenome: Project Scorpio.

Foto: Divulgação/E3Insider

Aparelho com seis teraflops de processamento, compatível com televisões 4K e com hardware que pode suportar realidade virtual de alta resolução, Scorpio chega no final de 2017. O aviso ficou nas mãos de Phil Spencer, o chefão da divisão Xbox.

O novo console foi anunciado depois de uma integração maior entre os aparelhos de videogame da Microsoft e o sistema operacional Windows 10, para PCs. A Microsoft desistiu de tentar bater a Sony e o PlayStation 4 no mercado?

Mais importante: A empresa resolveu criar um aparelho customizável, como o smartphone modular Ara do Google? O que será o Scorpio?

As dúvidas que o novo console levantou foram mais relevantes do que os anúncios da Microsoft em si. A divisão Xbox foi a hype em si.

E ela adiantou, em duas E3, a morte da oitava geração dos videogames. Project Scorpio, pelos nomes envolvidos da Bethesda até outras desenvolvedoras, de fato é o primeiro passo de uma nova era.

A realidade virtual estará nesta nona geração, aparentemente. É aguardar o NX da Nintendo para entender se Scorpio é um "console-killer".

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Tecnologia