Morre o dublador Paul Haddad, voz de Leon Kennedy em Resident Evil 2 de 98

Ele tinha uma desordem, mas as causas da morte não foram reveladas

Paul Haddad, voz de Leon Kennedy em Resident Evil 2. Foto: Reprodução/Twitter

Ator e dublador Paul Haddad, voz da primeira versão de Leon S. Kennedy em Resident Evil 2 (1998), morreu nesta quinta (16).

A causa de sua morte não foi divulgada, mas a nota de seu falecimento chegou ao Reddit e nas redes sociais do ator. Haddad tinha 56 anos de idade. Segundo a Eurogamer, Haddad havia confessado recentemente em seu Facebook, que tinha descoberto uma severa desordem obssessiva compulsiva aos 12 anos. Há cerca de 7 anos, porém, foi descoberto um “novo dispositivo revolucionário” que podia ser implementado no cérebro para lidar com desordens mentais específicas.

Ele foi uma das 30 pessoas do mundo que implementou este aparelho, o qual necessitava de uma troca de bateria a cada dois anos. Contudo, surgiram complicações após a terceira cirurgia e Haddad passou a se sentir bastante doente desde então, o que o obrigou a remover o dispositivo do cérebro. Na publicação, onde explicou toda a situação, o ator ainda deixou um link para uma campanha do GoFundMe para que as pessoas o ajudassem com sua terceira neurocirurgia. Apesar de todo este histórico, não se sabe se a condição foi a responsável pela morte do ator e dublador.

https://twitter.com/residentevildb/status/1250984964830748672
https://twitter.com/residentevildb/status/1250987584706224128

Vimos a informação no The Enemy.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.