No Dia do Quadrinho Nacional a jornalista Gisele Henriques elencou 5 games produzidos no país

Timo, Holy Avenger, Turma da Mônica, Roko-Loco e Geraldinho mostram a força das HQs no mundo dos games.

  • por em 31 de janeiro de 2020

Imagem: reprodução

Dia 30 de janeiro o Brasil comemora o Dia do Quadrinho Nacional, Nona Arte que conquista fãs há décadas, desde As aventuras de Nhô-Quim, ou Impressões de uma Viagem à Corte, publicada em 1869 pelo cartunista Angelo Agostini às hilárias histórias com a Turma da Mônica e Bob Cuspe, entre dezenas de outros heróis.

Para homenagear esta data, a jornalista Gisele Henriques relembrou que o mundo dos quadrinhos já rendeu boas diversões aos jogadores de videogame, rememorando cinco projetos brasileiros de jogos digitais.

Confira:

Timo
Desenvolvido pelo estúdio Webcore, de São Paulo, o game é baseado no personagem criado por Raul Aguiar e foi o vencedor do desafio K.O. HQ promovido em 2017 pela Spcine, empresa de fomento cultural. O game tem uma qualidade visual primorosa e foi um dos grandes lançamentos do ano.

Holy Avenger
Baseada na série de quadrinhos brasileira criada por Marcelo Cassaro a partir do mundo de Tormenta, cenário de RPG do mesmo Cassaro, com Rogério Saladino e J.M. Trevisan, o game foi desenvolvido pelo estúdio Messier Games & Animations em parceria com a Editora Jambo. A HQ também serviu de ambientação para outro game produzido pelo desenvolvedor Edh Müller com alunos e profissionais de design de games da universidade Feevale, no sul do país: Tormenta: O Desafio dos Deuses.

Roko-Loko
Game icônico de uma época em que os celulares eram primitivos em suas potencialidades gráficas e interação, Roko-Loko no Castelo de Ratozinger foi lançado em 2005, baseado nos quadrinhos de Marcio Baraldi. O projeto surgiu de uma parceria entre o cartunista e a SGuerra Design, do designer Sidney Guerra e conquistou uma boa base de fãs.

Os games da Turma da Mônica
O mais bem sucediido projeto de quadrinhos do país foi cotemplado com games praticamente desde a chegada da segunda geração de consoles ao país, com Mônica no Castelo do Dragão, para Master System, em 1991, Turma da Mônica em O Resgate, em 1993, o remake Turma da Mônica na Terra dos Monstros, para Mega Drive, em 1994, e Mônica e a Guarda dos Coelhos, game lançado em 2018, para diversos aparelhos.

Geraldinho
Personagem infantil baseado no anti-herói junky Geraldão, ambos criados pelo cartunista Glauco Villas Boas, Geraldinho chegou pelas mãos da TecToy para o Master System em abril de 1985.
O game de ação com plataformas em 2D obteve relativo sucesso e deixou saudades nos gamers do início da era dos games no Brasil.

Gisele Henriques, a criadora do texto original é MBA em Administração e Marketing, Pós Graduada em Jornalismo Esportivo, graduada em Licenciatura em Artes Visuais, Tecnologia em Marketing e Bacharelado em Administração, é graduanda de Direito e de Jornalismo e mantém um blog homônimo, onde é possível acompanhar novidades do mundo nerd e as tirinhas do Gato Coió.

Fonte: Torcedores

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.