Pro-player da paiN Gaming é acusado de agressão e abuso psicológico e live é criticada

Thiago “Tinowns” foi considerado o melhor jogador de LoL em 2020

Tinowns em ação pela paiN Gaming no CBLoL — Foto: Bruno Alvares e Pedro Pavanato/Riot Games

Thiago “Tinowns”, meio da paiN Gaming e melhor jogador de League of Legends em 2020, foi acusado pela ex-namorada Thays Toledo ter um relacionamento abusivo no dia 5 de janeiro de 2021.

O pro-player também foi acusado de tê-la agredido durante o namoro de 2014 a 2015. Segundo o relato de Thays no Twitter, Tinowns tinha crises de ciúme que faziam com que ele a xingasse e praticasse pressão psicológica e chantagem emocional.

“O tempo foi passando e ele começou a demonstrar sinais de abusividade. (…) Ele vivia me colocando pra baixo, falando que tinha vergonha de estar comigo, que eu era surtada por perguntar se ele falava com alguém, etc. (…) Tomei coragem de dizer que eu era virgem quando transei com ele (…), mas o que ele fez foi me xingar de mentirosa e dizer que eu era muito saidinha pra ser virgem, e sempre que brigávamos ele me atacava com isso. (…) Meses se passaram e o relacionamento foi de mal a pior: tinha que responder ele no meio das aulas, senão ele brigava comigo, me xingava, falava que na faculdade tava sendo p***. (…) Não podia falar com amigo nenhum porque ele me xingava, perguntava se eu queria transar com algum deles, que eu era louca e nunca ia achar ninguém que me amasse igual a ele”.

Ela também relata agressão física:

“Um dia ele pegou meu celular enquanto eu dormia e achou uma conversa com um amigo, que ele sabia quem era e achou que eu traí ele com um outro menino por conversar com ele. Me acordou gritando e me sacudindo. Eu tinha provas que tava em casa, (…) mas ele pressionava pra falar que traí ele. Me xingou de tudo, p***, vagabunda, que eu não valia nada, até que ficou louco e apertou minha coxa tão forte que chegou a formigar, perguntando porque eu não admitia que traí ele e depois jogou meu celular na parede que quebrou em vários pedaços”.

Horas depois, Tinowns fez uma live na Twitch para falar sobre as acusações. Ele reconheceu as desavenças, mas afirmou que os ciúmes e o abuso psicológico eram praticados tanto por ele quanto por Thays. Negou agressões físicas e citou que era imaturo na época do relacionamento, quanto tinha 17 anos de idade e se sentia inseguro e ciumento por ter uma namorada que já estava na faculdade.

A comunidade de eSports criticou a forma como o posicionamento foi feito. No começo da live, o jogador havia pedido para que doações e subs (inscrições) não fossem feitos, nem mesmo bits (pacotes de emoticons) comprados, mas eles ocorreram mesmo assim. Aos olhos da comunidade, Tinowns estava lucrando com um caso grave sendo que era o acusado da história. Depois, ele afirmou que vai repassar as doações para uma instituição de caridade.

Vimos essas informações em uma reportagem do Globo Esporte.

LEIA MAIS – Filho de catador de latinhas emociona jogador em partida de Free Fire

Mantendo a sanidade mental em tempos de pandemia. Por Thais Chioqueti, psicóloga

Opinião – Sim, Hideo Kojima é um desenvolvedor de jogos de esquerda. Por Pedro Zambarda

Veja o vídeo da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.