Unlock CCXP fecha primeiro dia de palestras

Evento organizado pela CCXP divulgou a tão esperada da Pesquisa Geek Power e promoveu uma conversa emocionante com Andreza Delgado – idealizadora da PerifaCon

Unlock CCXP fecha primeiro dia de palestras

Unlock CCXP fecha primeiro dia de palestras. Foto: Divulgação

Drops de Jogos recebeu informações oficiais do evento do Omelete. Primeiro dia de Unlock CCXP reuniu time de peso para debater o mercado de entretenimento no Brasil.

Depois de três anos de espera, o Unlock CCXP está de volta. O primeiro dia do evento que é voltado para discutir e debater sobre a indústria do entretenimento e todas as suas possibilidades, movimentou a São Paulo Expo nesta terça-feira. O público que compareceu ao Unlock pôde acompanhar de perto os painéis comandados por grandes nomes do setor, tirar dúvidas, realizar network e conversar sobre os insights que surgiam durante cada bate-papo com os executivos, atores, produtores, publicitários e diretores que marcaram presença no evento.

Com a curadoria feita por Gustavo Giglio, Head of Content for Brands da Omelete Company, os painéis do dia foram muito aplaudidos pela plateia. O dia já começou quente no Unlock. Após uma abertura reflexiva e motivadora feita por Gustavo Ziller, criador de conteúdo e o 26º brasileiro a escalar o Monte Everest, a montanha mais alta do planeta, logo na primeira rodada de painéis foi apresentado ao público os resultados exclusivos e em primeira mão da Pesquisa Geek Power, feita pelo Omelete e que propõe um estudo sobre o perfil e comportamento dos consumidores e admiradores deste mercado. A apresentação foi comandada por  Otávio Juliato, CCO do Omelete Company, que trouxe resultados relevantes para o setor de cultura pop. Para a realização da pesquisa, feita em parceria com a MindMiners, foram entrevistadas 6.678 pessoas, composta por 48% de mulheres e 68% de brancos, em sua maioria de 22 a 29 anos. As rendas dos entrevistados estavam divididas em 23% de pessoas com até 2 salários mínimos, 23% de 2 a 4 salários mínimos e 17% de 4 a 7, marcando presença em todas as classes sociais.

Um dado curioso que a pesquisa trouxe é que 56,2% dos entrevistados se consideram muito ou extremamente geeks e 51,4% se consideram muito ou extremamente nerds, um rótulo que é motivo de orgulho para muitos deles. Entre os fãs de conteúdo audiovisual, 56,2% se consideram muito ou extremamente apaixonados por séries e 51,4% se consideram muito ou extremamente cinéfilos. A pesquisa também aponta que os filmes mais aguardados pelo público em 2023 são ‘Homem Formiga e a Vespa: Quantumania’, ‘Guardiões da Galáxia Vol.3’ e ‘The Marvels’, já as séries mais esperadas são ‘House Of The Dragon’, ‘Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder’ e ‘Stranger Things’. Sendo assim, os gêneros de filmes e séries favoritos do público são os de super-heróis, com 44%, Sci-Fi, com 35%, e animação, com 34%. Entre os serviços de streaming, 88% são assinantes da Netflix e 34% a consideram como o streaming favorito, 84% são assinantes do Prime Video e 12% o consideram como o favorito, 74% são assinantes do Disney+ e 6% o consideram como favorito, 69% são assinantes da HBO Max e 23% o consideram como favorito, e 46% são assinantes do Star+.

Quando o assunto é games, 70% dos entrevistados afirmaram que costumam jogar jogos eletrônicos. A frequência de jogos está bem equilibrada: 26% jogam de 2 a 3 vezes por semana, 24% jogam 7 dias na semana, e 22% jogam de 4 a 6 vezes por semana. Os dispositivos mais utilizados são o celular, com 50%, o desktop, com 27%, e notebook, com 25%. Além disso, 14% dos entrevistados afirmaram que assistem e-sports e os jogos mais populares nas competições são ‘League Of Legends’, ‘CS:GO’ e ‘Valorant’. Outro dado curioso é a alta nos jogos de tabuleiro, 54% dos entrevistados afirmaram que consomem este tipo de entretenimento.

LEIA MAIS

1 – God of War Ragnarök: entre deuses e monstros. Uma resenha

2 – FIFA 23, o último de seu nome, uma resenha. Por Pedro Zambarda

Unlock CCXP fecha primeiro dia de palestras

Unlock CCXP fecha primeiro dia de palestras. Foto: Divulgação

Entre os Otakus, os mangás e animes favoritos são ‘One Piece’, ‘Naruto’ e ‘Drangon Ball’. Quando se trata de quadrinhos, 60% das pessoas disseram que gostam deste tipo de leitura e 33% afirmam que se consideram muito ou extremamente fãs de quadrinhos. Entre as editoras, a MARVEL é a preferida para 51% do público e a DC para 45%.

Um dos momentos mais emocionantes do dia foi a apresentação do Case PerifaCon. Cris Naumovs, consultora de criatividade e inovação, conduziu uma conversa com Andreza Delgado sobre a criação e a evolução do evento ao longo dos anos. A PerifaCon é a primeira convenção nerd das favelas que nasceu com o objetivo de falar sobre quadrinhos, desenhos, filmes e cultura nerd, geek e pop nas quebradas de São Paulo. Ao falar sobre o projeto, Andreza Delgado emocionou toda a plateia com sua trajetória: “A PerifaCon derruba muros e constrói pontes. Eu acho que a gente acrescenta na CCXP, onde construímos uma relação nestes últimos anos. Temos um olhar especial e trazemos toda a potência da periferia. Eu, uma mulher negra, jovem, de 27 anos, olho as pessoas que estão no escritório comigo, vejo as histórias muito parecidas com as minhas, e, então, trazemos o stand para o evento com os artistas de favela e suas obras. É sobre mudar esse curso que as pessoas entendem da periferia e poder mostrar nosso trabalho para estas pessoas.”, conta.

Já no painel ‘A Evolução dos Streamings’, um bate-papo especial contou com a presença de Rita MoraesKondDouglas SilvaBianca Comparato, e falou sobre as transformações das plataformas de streaming e a evolução dos modelos de negócio em um mundo que sobreviveu a uma pandemia e agora volta a engatinhar, revendo esses modelos, pós-pandemia. Os participantes pontuaram que não são as plataformas que estão evoluindo, mas sim a audiência que busca cada vez mais diversidade, se tornando audiência global e não mais local, com o protagonismo que está na voz da audiência que busca por representatividade. Os artistas presentes também comentaram sobre os projetos que possuem para 2023. DG disse que deseja contar a história da sua vida e está muito feliz de participar da primeira novela da Globo no streaming, Todas as Flores. Já Bianca comentou que vai lançar uma série com a Globoplay, uma ficção baseada nos últimos dias do João de Deus antes dele ser preso, passando uma mensagem potente sobre a luta das mulheres e a força que elas possuem. Kond vai lançar seu primeiro longa metragem na Paramount e sua produtora.

Na sequência o painel ‘Omelete Company – The Future and Beyond’, comandado por Pierre Mantovani, CEO da Omelete Company, foi compartilhado com o público um panorama dos últimos anos da empresa, novas unidades de negócios e o que esperar daqui em diante. O executivo apresentou os projetos do Omelete, entre eles os números grandiosos que são fruto da parceria com maior streamer de games da Twitch, Gaules, que acumulou mais de 5.6 bilhões de minutos assistidos no primeiro semestre de 2022, além de 22,8 milhões viewers únicos.

Em um dos painéis mais esperados do dia, o ‘Brands Experience CCXP 2022’, trouxe as estratégias das marcas parceiras que constroem o Épico com a CCXP22. Para debater este assunto tão relevante, foi formado um super time de dinamizadores e especialistas no assunto. Mari Palma (jornalista), Cesar Hiraoka (diretor de marketing do Mercado Livre), Thaís Lima (head de marketing da FANLAB), Daniel Campos (diretor de marketing do Cinemark), Chiara Martins (Diretora de Estratégia Criativa na Coca-Cola para América Latina) e Otávio Juliato (CCO do Omelete Company). Durante a conversa, Otávio ressaltou o poder do entretenimento em conjunto com as marcas: “A CCXP se tornou um termômetro de como o mundo consome cultura pop. Esse ano temos conteúdo de esportes, games, varejo, setores que passaram a entender esse mercado e o público que consome, que não é formado apenas por crianças, mas também por muitos jovens e adultos. Temos um super poder nas mãos que é o entretenimento. Quando a gente senta em uma mesa dessa comunidade e conversa com ela, as portas se abrem para as marcas. Justamente por isso que também temos todo o cuidado para que as marcas já entrem neste mercado contextualizadas com o cenário.”

Ao fim do dia, o público teve a oportunidade de participar da ‘Masterclass – Web3, Games, Metaverso E NFTs: Como Existir Na Próxima Fronteira Digital’, conduzida pelo jornalista Luiz Gustavo Pacete. A plateia pôde interagir e acompanhar de perto uma apresentação sobre a formação de uma nova economia descentralizada, um mundo baseado em tokens, dinâmicas e relacionamentos realizados no metaverso e inspirado cada vez mais nos games e comunidades.

Encerrando o primeiro dia de Unlock CCXP, todos os presentes realizaram um tour pelo espaço da CCXP22, acompanhando de perto a montagem e ajustes dos últimos detalhes para a edição mais épica do evento. “Foi um dia muito rico em trocas e networking. Foi emocionante ver novamente o auditório do Unlock lotado e o público interagindo com perguntas e compartilhando conhecimento”, fechou Giglio.

Sobre a Omelete Company 

Maior conglomerado dedicado aos fãs de cultura pop do Brasil, a Omelete Company utiliza seu site, redes sociais e parceiros para atingir mensalmente mais de 15 milhões de pessoas ávidas por novidades dos mundos do cinema, séries de TV, games, música e histórias em quadrinhos, com textos, vídeos e posts nas redes sociais. Fazem parte da Omelete Company as marcas Omelete, The Enemy, CCXP, BIG Festival, Game XP e Gaules.

LEIA MAIS NO DROPS DE JOGOS

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ju Quadros

Sobre a masterclass, onde é possível saber mais sobre ela?