Criança de 9 anos desenvolve jogo de temática de reflorestamento

Iniciativa interessantíssima

Ivan Neves, aluno da CodeBuddy

Ivan Neves, aluno da CodeBuddy Foto: Arquivo Pessoal/Ivan Neves

Ivan Neves, que tem apenas 9 anos, aluno da escola codeBuddy, criou um jogo no qual o player planta árvores virtuais e pode também contribuir para a plantação de árvores na vida real.

“No meu projeto, a cada 10 árvores virtuais plantadas, uma vai ser plantada na vida real. Ela será plantada pelos anunciantes do game toda vez que algum usuário vencer. As empresas vão poder participar colocando os anúncios delas dentro do jogo, o que vai ajudar todo mundo na vida real também”, disse Ivan para o próprio projeto. O menino criou o game com o objetivo de ajudar o planeta.

A iniciativa de Ivan é importante com a crise ambiental no Brasil. De acordo com informações oficiais do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, a Amazônia perdeu cerca de 10 mil quilômetros quadrados de floresta entre agosto de 2020 e julho de 2021, meses em que se mede o desmatamento.

LEIA MAIS

1 – Opinião: Como a saga Metal Gear Solid objetifica as mulheres e contribui para o machismo [TEXTO COM SPOILERS]

2 – Cyberpunk 2077 é o fracasso necessário, uma resenha. Por Pedro Zambarda

Essa taxa é 57% maior que a da temporada passada, além de ser a pior dos últimos 10 anos. Nesse cenário, é essencial que a preocupação com o meio ambiente seja despertada nas crianças o mais cedo possível, criando adultos preocupados em reverter a situação e cuidar do planeta para as próximas gerações.

Envolvimento de crianças e adolescentes no assunto pode ser ainda mais aproveitado a partir do conhecimento da programação, que dá as ferramentas tecnológicas necessárias para a criação de plataformas independentes, apps e games.  A ideia da codeBuddy é oferecer ensino personalizado, colocando o aluno como protagonista do próprio aprendizado e fazendo com que o interesse desperte da própria criança.

Codebuddy tem um curso rápido chamado ‘Wayfinding: Reprogramando o Futuro’, que conta com uma grade de quatro semanas e uma carga horária de 1h30min por semana, totalizando 6 horas de imersão e aprendizado: a intenção é que, a partir dessa experiência curta, crianças e pais decidam quais os interesses dos filhos.

A empresa oferece uma plataforma de ensino com material didático e foco em desenvolvimento de habilidades, incentivando a criatividade e a resolução de problemas. A ideia é que a criança aprenda a pensar por si própria e tenha autonomia na hora de resolver os problemas.

A saber: codeBuddy é uma escola de tecnologia especializada em programação, robótica e segurança digital para crianças e jovens de 7 a 16 anos.

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments