Epic Games Store quer dominar 50% do mercado de PC em três anos

Ambição

Epic Games Store. Foto: Divulgação

O processo entre Apple e Epic continua rendendo documentos com informações de bastidores sobre as duas empresas.

Especialmente sobre a dona de Fortnite. Agora um novo documento que a Epic Games Store quer ter até 50% do mercado de games para PC em três anos, superando seus principais concorrentes, como o Steam. O relato vem acompanhado de outro publicado nesta terça-feira, 4 de maio, que dizia que a Epic pagou US$ 11,6 milhões (R$ 63 milhões) a desenvolvedores para distribuir jogos de graça, como Batman Arkham, na Epic Games Store entre dezembro de 2018 e setembro de 2019. Vale lembrar ainda que a Epic Games Store ofereceu 749 milhões de cópias de jogos grátis.

Segundo esse mesmo documento, a empresa espera que táticas agressivas de mercado, vendas e marketing garantam entre 35% a 50% do mercado até 2024, dependendo da reação do Steam. Atualmente, o próprio Steam detém 75% deste mercado, então a Epic teria uma grande fatia, se conseguisse o objetivo. De acordo com o site Ars Technica, que destrinchou o documento, esta previsão pode ter mudado, já que o crescimento da Epic Games Store foi muito maior do que o previsto nos últimos meses. Isso por uma série de fatores, mas também incluindo o lançamento de games exclusivos por lá, além de jogos da própria Epic, como Fortnite.

Por isso, o suposto domínio de 50% do mercado pode vir antes do planejado, se a Epic mantiver os esforços agressivos de conquistar público e de convencer empresas a lançarem seus produtos apenas por lá.

A Epic também revelou números sobre a plataforma no começo de 2021, informando ainda que a EGS conta com 160 milhões de usuários, contra 108 milhões somados em 2019. Os usuários ativos mensais praticamente dobraram: de 32 para 56 milhões. E não são só jogos grátis: usuários da loja gastaram mais de US$ 700 milhões com jogos ao longo de 2020, sendo US$ 256 milhões gastos em games que não são da Epic.

Há ainda outros números, como 235 países representados por criadores, e alguns dos títulos mais populares, como Assassin’s Creed Valhalla, Fortnite, Godfall, Borderlands 3 e Rocket League.

Vimos no Tecnoblog.

LEIA MAIS – Conheça 17 empresas que estão definindo o futuro dos games brasileiros

Fatec’s Out é o game brasileiro de 2020 segundo a pesquisa Drops de Jogos/Geração Gamer

Opinião – Death Stranding é sobre futuro; Cyberpunk 2077 é passado. Por Pedro Zambarda

Veja o vídeo da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.