[SPOILERS] Saiba os finais de Elden Ring

Cuidado para não estragar sua experiência

Elden Ring

Elden Ring. Foto: Divulgação

NÃO LEIA ESTE TEXTO SE VOCÊ AINDA NÃO ELDEN RING. JOGO DA FROMSOFTWARE, COM A PUBLISHER BANDAI NAMCO, O TÍTULO FOI LANÇADO EM 25 DE FEVEREIRO DE 2022. NÃO QUEREMOS ESTRAGAR SUA EXPERIÊNCIA, MAS QUEREMOS TAMBÉM DISCUTIR O ENREDO DO GAME.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Chegar ao final do jogo ocorre em uma mesma rota. Você deve deixar pelo caminho Morgott, o Rei Agouro, depois o Gigante de Fogo, então reacender a chama na Montanha dos Gigantes de uma forma ou de outra (já explicaremos adiante).

Segue-se a exploração de Farum Azula, luta com Maliketh, volta para Capital e etc. Depois temos Godfrey, o Primeiro Lorde Prístino e, finalmente o atual senhor de Elden: Radagon da Ordem Áurea. Sua segunda fase é uma luta contra a Fera Prístina, que é o verdadeiro boss. Ainda é possível desbloquear alguns dos finais neste momento, mas não todos eles.

O jogador é então convidado a interagir com a deusa Marika e reparar o Elden Ring. Mas o final muda dependendo de como esses reparos ocorrerão e quais as runas utilizadas. O jogador rescreverá as leis divinas que governam o funcionamento do mundo e a ordem estabelecida no submundo.

LEIA MAIS

1 – Elden Ring, uma resenha. Por Pedro Zambarda

2 – Horizon Forbidden West, uma resenha. Por Pedro Zambarda

Elden Ring

Elden Ring. Foto: Divulgação

Era da Fratura

Era da Fratura é o final padrão. Não há condições especiais, basta seguir os Dois Dedos normalmente e optar por restaurar o Anel Prístino. O jogador se torna o Lorde Prístino (Elden Lord) e é um dos três finais que desbloqueia troféu/conquista. Presumivelmente, o mundo está longe de ser consertado, e o resultado é muito conflito e sofrimento.

O final tem outras três variações que mudam muito pouco a cutscene final. A diferença se dará no nome da Nova Era, de acordo com a runa utilizada para restaurar o Elden Ring. O futuro das Terras Intermédias também fica diferente e em aberto.

Era do Crepúsculo

Ainda seguindo o caminho ortodoxo dos Dois Dedos, o Anel é consertado com a Runa de Reparo do Príncipe da Morte obtida no final da série de missões de Fia. A imortalidade e os mortos-vivos desaparecem. A runa da morte é restaurada e integrada ao ciclo de renascimento.

Bênção do Desespero

Ainda seguindo o caminho dos Dois Dedos, pode-se optar por reparar o Anel de Elden com a Runa de Reparo da Maldição Derrotada obtida no final da missão do Comedor de Estrume. As missões do NPC encontrado na Mesa-Redonda, logo após chegar a Leyndell, são complexas, longas e podem ser perdidas caso a história avance muito rápido.

Primeiro de tudo não complete Farum Azula para evitar que o layout da capital mude e deixe algumas áreas inacessíveis. Complete as missões do Comedor de Estrume até que ele suma da Mesa-Redonda e lhe deixe um bilhete para encontrá-lo em outro local. Depois de derrotá-lo, volte para a Mesa e converse com o NPC novamente.

Agora a saga é encontrar cinco Seedbed Curse. Existem três em Leyndell, uma na Mansão Vulcânica e duas em Elphael, Suporte da Árvore Sacra. Após encontrá-las, vá até o esgoto onde o corpo do Comedor de Estrume foi recuperado anteriormente e lhe entregue os itens. Ele dará a Runa de Reparação da Maldição. Use-a na Marika no final do jogo para conseguir a Era do Desespero.

Os habitantes poderão dizer que vivem numa época de trevas. Todos os residentes do subterrâneo e crianças não nascidas são amaldiçoados e se tornam renegados.

Era da Ordem

Outra variação do caminho dos Dois Dedos, desta vez consertando o Anel Prístino com a Runa de Reparo da Ordem Perfeita, obtida ao final das missões de Corhyn e Máscara de Ouro. Durante uma delas, será necessário usar um encantamento que precisa de 37 de Inteligência. Então é bom ter duas Lágrimas Larvais (para quem não possui personagem focado neste atributo), uma para dar reset e redistribuir seus atributos e outra para voltar a sua build antes de reatribuir para Inteligência.

Ordem Áurea é então restaurada no submundo. Esta é a coisa mais próxima de um retorno à normalidade, pelo menos para o mundo das Terras Intermédias.

Lorde da Chama Frenética

  • Vá para o esgoto em Leyndell
  • Siga o caminho para matar Mohg, o Agouro e chegue na Interdição da Chama Frenética
  • Remova todos os equipamentos para interagir com a porta
  • Um dos três finais que desbloqueia troféu/conquista

O desenrolar deste final é diferente dos outros. Ele só pode ser iniciado antes de reacender a chama e incendiar a Térvore. Derrote Mohg nos esgotos de Leyndell e revele a passagem secreta atrás do altar. Há uma perigosa descida às profundezas, de viga em viga, então é bom não estar com um estoque alto de runas. Ao encontrar uma porta especial que parece lava derretida, remova sua armadura para poder abri-la. Lá dentro,Três Dedos dará o poder de queimar a árvore do mundo sem a necessidade de sacrificar Melina.

Esse detalhe é que este final não permite escolha. Após queimar a Térvore, o jogador estará preso no caminho para se tornar o Lorde das Chamas e dar início a Era do Caos. O lado positivo é que Melina estará viva e sem a marca que selava o olho esquerdo. Em compensação, ela irá atrás do novo lorde em busca de vingança.

Há uma saída, no entanto, depois de acender a chama. É necessário completar as missões de Millicent, vencer Malenia e usar a Agulha de Malenia na arena de Placidusax. Isso permitirá escolher um dos outros finais livremente, mas também impedirá o final da Chama Frenética, não liberando o troféu. Ou seja, é um caminho para quem se arrependeu de virar o Lorde das Chamas ou para quem quer que Melina sobreviva sem que ela busque vingança do jogador.

Era das Estrelas

  • Fale com Ranni após derrotar Radahn;
  • Encontre o tesouro escondido em Nokron, Cidade Eterna;
  • Use a Estátua Invertida no Salão de Estudo Cariano;
  • Passe pelo portão na área das Três Irmãs;
  • Colete o item Ranni Miniatura e fale com ela algumas vezes no Local de Graça;
  • Derrote a Sombra Maligna;
  • Obtenha o Anel da Lua Sombria na Academia de Raya Lucaria;
  • Derrote Astel, Filho Natural da Escuridão;
  • Dê o anel a Ranni.
  • Um dos três finais que desbloqueia troféu/conquista

Ao completar a linha de missões de Ranni, uma marca de invocação aparecerá perto de Marika depois de derrotar o chefe final. Ranni se torna uma deusa no lugar de Marika, e o jogador se torna o Lorde Prístino (Elden Lord) e consorte ao lado dela.

A lua movida por pela bruxa esconde o sol e banha o mundo em sua luz suave. Almas anteriormente aprisionadas pela árvore do mundo são libertadas e guiadas por seus raios. Esse vídeo em inglês explica os finais.

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments