Yuji Naka, criador de Sonic, foi preso pela segunda vez

Preso em 7 de dezembro

Yuji Naka

Yuji Naka. (Imagem: Square Enix/YouTube)

Há um mês mais ou menos, Yuji Naka, criador da franquia Sonic, foi preso por suspeita de insider tranding envolvendo o jogo mobile Dragon Quest Tact. Agora, o ex-chefe do Sonic Team voltou a ser preso por um motivo similar. Segundo o jornal japonês Asahi, Naka está sendo acusado de usar informações privilegiadas e confidenciais.

Detenção ocorreu em 7 de dezembro.

Ele teria tentado lucrar em cima de Final Fantasy VII: The First Soldier antes do anúncio oficial do jogo. As acusações apontam que ele teria comprado ações da ATeam Entertainment, desenvolvedora responsável pelo game, no valor de 144,7 milhões de ienes com o intuito de gerar lucros após o anúncio ser realizado.

Além de Naka, um ex-funcionário da Square Enix, Taisuke Sasaki, também foi preso pelo mesmo motivo. Mais informações sobre a investigação das acusações devem ser divulgadas nas próximas semanas. A Square Enix não comentou publicamente sobre o caso.

LEIA MAIS

1 – God of War Ragnarök: entre deuses e monstros. Uma resenha

2 – FIFA 23, o último de seu nome, uma resenha. Por Pedro Zambarda

Yuji Naka

Yuji Naka. (Imagem: Square Enix/YouTube)

LEIA MAIS NO DROPS DE JOGOS

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments