Free Fire alcança mais de 150 milhões de jogadores ativos em 2021

Fenômeno no ano passado, claro

Imagem de como Free Fire atingiu um bilhão de downloads na Google Play Store

Free Fire atingiu um bilhão de downloads na Google Play Store. Foto: Divulgação

Os números de Free Fire são assustadores, não só dentro do Brasil. O jogo atingiu mais de 100 milhões de players. 150 mi jogaram o game diariamente em 2021. Se tornou o primeiro Battle Royale a atingir 1 bilhão de downloads na Google Play Store. Confira esses e outros dados enviados ao Drops de Jogos.

Free Fire figurou na vida dos fãs e dos jogadores em 2021, em diversos aspectos. Entre parcerias e lançamentos, o Battle Royale trouxe para o público sua primeira campanha de marca, ganhou prêmios e apostou em inovações tecnológicas para estar mais presente no dia a dia da comunidade.

Para celebrar as conquistas de 2021, a Garena fez um apanhado das principais realizações do ano que passou:

LEIA MAIS

1 – Opinião: Como a saga Metal Gear Solid objetifica as mulheres e contribui para o machismo [TEXTO COM SPOILERS]

2 – Cyberpunk 2077 é o fracasso necessário, uma resenha. Por Pedro Zambarda

Free Fire no cotidiano

Em 2021, o Free Fire mergulhou de cabeça no mundo do entretenimento e anunciou diversas colaborações de conteúdo dentro do jogo, passando por marcas como McLaren Racing, Street Fighter V, One-Punch Man, Attack on Titan, Venom e La Casa de Papel.

Eventos especiais, tanto do universo do jogo quanto do calendário cultural brasileiro também marcaram presença, como o Despertar da Moco, o Dia do Booyah e eventos locais de Carnaval e Festa Junina.

Para comemorar o Dia do Booyah, inclusive, o Free Fire promoveu em novembro uma ação no Parque Raul Seixas, no bairro José Bonifácio, na Zona Leste de São Paulo. A quadra do parque foi totalmente reformada e decorada com elementos do Dia do Booyah, celebrando o fim do evento no Battle Royale. O espaço foi totalmente repensado para garantir uma melhor experiência de jogo para os moradores da região, trazendo mais conforto e segurança para os usuários do espaço.

Outras parcerias do mundo real incluem coleções com a Tilibra, para uma linha de papelaria e a Riachuelo, para uma linha de roupas inspirada nas skins.

A forma de se vestir virou conceito e trouxe, pela primeira vez, uma união entre o universo dos games e o da moda. Em 2021, as skins do Free Fire foram para a passarela da edição N52 do São Paulo Fashion Week. A coleção faz parte de uma parceria entre a Garena, o SPFW e o Santander Brasil, Banco da Moda, e foi lançada em novembro nas passarelas do evento. Foi a primeira vez que o mundo dos games e o mundo da moda se uniram e se apresentaram em uma semana de moda internacional. 

Free Fire: uma marca além do virtual

Pensando em refletir o fator inclusivo de sua comunidade, a Garena lançou em outubro a campanha “O Jogo Virou”, a primeira campanha de marca do Free Fire no Brasil. O projeto ganhou vida e teve diversas etapas nos últimos meses. Em um primeiro momento, o Free Fire esteve nos mais variados formatos como TV, online e em redes sociais e “Out Of Home”, ou seja, outdoors, painéis e ativações físicas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. 

A segunda fase aconteceu em novembro de 2021, quando os jogadores tiveram a oportunidade de se cadastrar no site oficial da campanha “O Jogo Virou Dropzin” e, ao apontar a câmera do celular para o céu, podiam ver seus ‘dropzins’ caindo por meio de Realidade Aumentada (AR).

A adoção de diferentes tecnologias não parou por aí. Em dezembro, para anunciar o lançamento de um novo mapa in-game, a Garena lançou uma experiência imersiva baseada em realidade virtual, na qual os jogadores puderam dar uma espiada no novo mapa e desbloquear miniaventuras enquanto exploravam as diferentes zonas da região.

Premiações e marcos

O Esports Awards 2021 nomeou o Battle Royale da Garena como o ‘Jogo Mobile de Esports do ano 2021’ em sua cerimônia de premiação anual realizada (a partir de 03:08:51). Este é o segundo ano consecutivo em que o Free Fire ganha o prêmio. A vitória se baseia nas conquistas do game durante o ano, como o marco de 150 milhões de usuários diários ativos (DAU) em todo o mundo, atingido em agosto.

Além disso, o Free Fire se tornou, em julho, o primeiro Battle Royale a atingir 1 bilhão de downloads na Google Play Store. Em dezembro de 2021, segundo dados divulgados pela Sensor Tower, o Free Fire foi o jogo mais baixado do mundo, tanto no número de downloads da Google Play Store e do aplicativo iOS combinados, como no da Google Play Store individualmente.

O sucesso na plataforma do Google se estendeu para o Free Fire MAX, lançado em setembro, e que venceu a categoria “Escolha do Usuário” no prêmio Google Play Best 2021. O jogo foi escolhido como o melhor em uma votação feita pelos próprios usuários e engloba os países Estados Unidos, Brasil, México, Índia, Indonésia, Tailândia e Taiwan.

Aniversário Projetado

Foi no último ano que o Free Fire comemorou 4 anos de existência. As celebrações saíram do mundo digital e apareceram no mundo real em cinco cidades com projeções exclusivas. Acontecendo em prédios e ícones turísticos na Malásia, Vietnã, México, Rússia e Cazaquistão, os shows contaram com uma série de exibições comemorativas do universo Free Fire. A projeção feita em Las Vegas, na parte lateral do icônico Tropicana Las Vegas Resort, entrou para o Guinness Book of World Records com a maior projeção de um jogo já registrada.

Sucesso competitivo: As conquistas nos Esports do Free Fire

Free Fire World Series 2021, que aconteceu em maio, em Singapura, atingiu pico de 5,4 milhões de espectadores simultâneos, excluindo as plataformas chinesas, de acordo com a Esports Charts, estabelecendo um novo recorde global de esportes eletrônicos e se tornando a competição de esports mais assistida do mundo. A transmissão da final foi, inclusive, o vídeo mais assistido no YouTube no Brasil durante o ano.

Localmente, a comunidade brasileira tem participado ativamente do Free Fire e suas competições. Como reflexo disso, a Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) foi nomeada a competição de esports mais popular no Brasil, de acordo com a Pesquisa Game Brasil 2021 (PGB 2021). O torneio oficial da Garena é líder na categoria entre os torneios mais acompanhados, presencial ou digitalmente, para 35% dos entrevistados.

A LBFF 4, que aconteceu em março, foi transmitida, pela primeira vez, na TV aberta e alcançou pico de mais de 1,14 milhão de espectadores simultâneos, somando dados do YouTube, Loading e BOOYAH!. No total, o split registrou mais de 95 milhões de visualizações durante toda a realização da etapa. O recorde batido na final desbancou o pico alcançado na própria LBFF 4, na estreia da competição, alcançando mais de 751 mil espectadores. Esse número levou em conta dados somados do YouTube, TV Aberta, payTV e BOOYAH!, plataforma streaming da Garena.

E os recordes não estão apenas na série A da competição. No início do ano, também em março, a Série C da LBFF bateu recorde de inscrições, com mais de 90 mil jogadores registrados. A divisão é a porta de entrada para o cenário competitivo de Free Fire no Brasil. Ao todo foram 95.317 jogadores inscritos, divididos entre 19.377 equipes. Este total representou um aumento de 59% quando comparado ao número de inscritos na Série C da LBFF 3, em 2020.

A Garena não pretende parar em 2022. A desenvolvedora está constantemente estudando formas de inovar e atender às expectativas dos fãs de Free Fire, com novas parcerias, tecnologias e lançamentos. 

Para mais informações de Free Fire, acompanhe as redes sociais da Garena no FacebookInstagramTwitter e TikTok.

Free Fire pode ser baixado pela App Store e Google PlayStore.

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments