Riot Games processa chinesa NetEase e a acusa de copiar Valorant

Acusação de plágio

Riot Games processa chinesa NetEase e a acusa de copiar Valorant

Riot Games processa chinesa NetEase e a acusa de copiar Valorant. Foto: Reprodução/YouTube

Riot Games abriu um processo contra a NetEase onde acusa o estúdio de criar uma cópia de Valorant. A empresa responsável pelo desenvolvimento de League of Legends, alega que Hyper Front é “uma cópia de partes substanciais do Valorant”. Além do formato, design dos personagens, mapas e armas tem semelhanças ao FPS da Riot.

Esse caso foi levado para o Tribunal Superior da Inglaterra e do País de Gales. Entretanto, o site Polygon diz que a Riot Games também prestou queixas na Alemanha, Brasil e Singapura. Lançado em agosto deste ano, o jogo está disponível nas lojas de celulares com sistema operacional Android e iOS.

Atualmente, o jogo conta com mais de um milhão de instalações em celulares com o sistema da Google.

Assim como acontece em Valorant, Hyper Front é um jogo de tiro em primeira pessoa de cinco jogadores contra cinco. Os personagens presentes no título possuem habilidades que podem utilizar no decorrer do confronto, assim como as próprias armas que estão disponíveis para serem compradas.

LEIA MAIS

1 – God of War Ragnarök: entre deuses e monstros. Uma resenha

2 – FIFA 23, o último de seu nome, uma resenha. Por Pedro Zambarda

Riot Games processa chinesa NetEase e a acusa de copiar Valorant

Riot Games processa chinesa NetEase e a acusa de copiar Valorant. Foto: Reprodução/YouTube

“Todas as nossas escolhas criativas são refletidas no jogo da NetEase. Não achamos que mudar a cor de uma habilidade do personagem ou modificar ligeiramente a aparência visual mude o fato de que é uma violação de direitos autorais. É como aquele velho ditado: ‘Você pode colocar batom em um porco, mas ainda é um porco'”, disse Dan Nabel, advogado da Riot Games.

A Riot Games afirmou na abertura do processo que o desenvolvimento de Hyper Front por parte da NetEase se deu após a divulgação do desenvolvimento de Valorant, na época apelidado de Project A. Não satisfeita em utilizar elementos do jogo de sucesso, o estúdio também teria usado uma nomenclatura semelhante, chamando-o de Project M.

Nos comentários de Hyper Front no Google, os usuários relataram que o jogo é interessante e possui muitas qualidades, mas destacaram a similaridade com Valorant.

Com processo rolando, o jogo ainda está disponível para download e pode ser testado pelos jogadores de acordo com a região onde eles estiverem tentando baixar o aplicativo.

LEIA MAIS NO DROPS DE JOGOS

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Eurico

Ótima entrada