40 suspeitos são presos acusados de lavar dinheiro através da Twitch

Cabuloso

Veja a Twitch

40 pessoas foram presas na Turquia por conta de esquema de lavagem de dinheiro na Twitch — Foto: Divulgação/Twitch

Twitch foi utilizada em um esquema de lavagem de dinheiro na Turquia e a polícia local prendeu 40 suspeitos na última terça (4).

De acordo com informações da agência de notícias Demirören News Agency, o crime ocorreu com uso de cartões de crédito roubados para enviar Bits, moeda da plataforma, como doação.

Contas que recebiam o dinheiro devolviam parte do valor para completar o golpe. Dessa maneira, os criminosos “limparam” até US$ 9,8 milhões, cerca de R$ 55 milhões em conversão direta.

Operação realizada pela polícia turca ocorreu em 11 localidades e foi resultado de uma iniciativa do Ministério Público em Istambul.

LEIA MAIS

1 – Editor de conteúdo do Drops de Jogos explicava as inverdades sobre Games e Violência há 10 anos 

2 – Acredite se quiser – Brasileiros criam jogo mod de graça baseado na Caverna do Dragão

O suposto esquema foi inicialmente exposto após o vazamento de dados da Twitch, que ocorreu em outubro do ano passado.

Ainda em novembro de 2021, a plataforma confirmou uma ação contra 150 streamers que teriam participado do esquema de lavagem de dinheiro e que a maioria dos suspeitos era da Turquia.

Também informou que os golpistas teriam lucrado aproximadamente US$ 9,8 milhões (cerca de R$ 55 milhões) com a fraude.

O portal Middle East Eye diz que os streamers acusados possuíam uma média pequena de 40 a 50 espectadores por transmissão, mas seus históricos de transação mostravam milhares de dólares apenas em bits, algo bastante inviável levando em consideração seus números.

Operação se dava da seguinte forma: esses canais recebiam um valor (R$ 10, por exemplo), e devolviam um pouco a menos (R$ 7 ou R$ 8) aos doadores, lavando o dinheiro que chegava por meio de cartões roubados.

No momento, há quatro suspeitos foragidos da polícia da Turquia.

Alguns streamers já admitiram o envolvimento, enquanto outros ainda estão se defendendo das acusações. Caso mais emblemático é o do jogador profissional de Valorant Mehmet “cNed” İpek. Campeão mundial pela Acend, o pro-player também foi acusado de estar envolvido no esquema por receber muitos Bits de um doador que foi identificado como golpista.

cNed se defendeu e afirmou ser inocente. Disse que não sabia nada a respeito da lavagem de dinheiro na Twitch.

Essas informações são dos sites KotakuEurogamerDaily SabahMiddle East Eyedbltap, Dexerto e TechTudo.

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments