Microsoft se manifesta sobre demissão de apresentadora vítima de machismo

Isadora anunciou a demissão pela rede

Microsoft. Foto: Wikimedia Commons

Sobre a demissão da apresentadora Isadora Basile, a Microsoft informou que mudou sua “estratégia de conteúdo original”, diminuindo o número de canais.

A ideia da gigante de tecnologia e games é concentrar as informações oficiais no portal de notícias Xbox Wire. “Recentemente, fizemos algumas mudanças em nossa estratégia de conteúdo original de Xbox no Brasil, resultando em menos canais e em conteúdo de maior impacto. Agradecemos a Isadora Basile e a talentosa equipe da agência por sua criatividade e contribuição. O portal Xbox Wire passa a ser nossa única fonte de notícias. O canal XboxBR continuará experimentando novas maneiras de entreter os gamers brasileiros”, afirma a empresa em comunicado.

A empresa falou também foi questionada sobre seu contrato com a GMD, agência responsável pela criação e produção de conteúdo audiovisual de Xbox no Brasil. E informou que não vai se pronunciar sobre o assunto.

Isadora estava sendo vítima de ataques, ameaças de estupro e de morte no Facebook e no Twitter antes de sua demissão. A demissão dela acontece depois do fim do canal Xbox Mil Grau no YouTube, que concentrava boa parte da comunidade tóxica e machista que aprecia o console da Microsoft.

As informações são do Tecnoblog.

LEIA MAIS – Drops de Jogos discute como falar de games e política

“Metal Gear mistura guerra e narrativa surreal”, disse fã que tem braço biônico inspirado em Big Boss

Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 com Charlie Brown Jr, uma resenha

Death Stranding, a resenha em tempos de coronavírus. Por Pedro Zambarda

Conheça o projeto Indie BR em 5

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.